Blog

Conheça mais sobre os principais tipos de lâmpadas

Modelos, tipos, cores e formatos.  Entre as opções de lâmpadas, qual escolher? Algumas funcionam melhor em determinado ambiente, enquanto que outras além de iluminarem, são lindos objetos de decoração. Confira a seguir quais são os principais modelos:

LED (Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz) é um diodo semicondutor  que quando é energizado emite luz visível. São cada vez mais populares, principalmente para quem busca aliar modernidade com o consumo consciente de energia. Versáteis, eficientes, mais econômicas em longo prazo, alta durabilidade (entre 15 mil e 25 mil horas de vida útil), não emitem raios ultravioletas e são o melhor custo-benefício quando se fala em lâmpadas.

Fluorescente – criada pelo engenheiro elétrico Nikola Tesla, estão no mercado desde 1938. Em sua composição, há gases inertes a baixa pressão, que ficam ionizados quando são sujeitos à corrente elétrica, fornecida por um driver. Seja tubular ou compacta,  duram aproximadamente 6 mil horas, proporcionam iluminação suave e aconchegante, não emitem calor e são muito mais eficientes e econômicas em relação às incandescentes.

Halógena – apresenta visual próximo à lâmpada incandescente (ver mais abaixo), porém é muito mais econômica, vantajosa, eficiente (por ter seu bulbo elementos halógenos, como o iodo e o bromo) e durável. Sua luz é amarela e possuí índice de reprodução de cor 100, com total fidelidade.

Incandescente  – Até o fim do século passado, era  o tipo de lâmpada mais utilizada. Gera claridade com base no aquecimento de um filamento de tungstênio. Em comparação as demais, a incandescente dura pouco (em media mil horas), consome muita energia (estima-se que entre 5% a 10% da energia consumida é transformada em luz, o restante é transformado em calor, por isso esquentam com muita facilidade) e estão proibidas no mercado brasileiro.

 

 

08/07/2019

RECEBA NOSSAS NOVIDADES